quinta-feira, 19 de março de 2009

Nintendo DS




Eu posso dizer que Videogames foram a única forma de entretenimento que me fizeram ficar realmente afastado dos quadrinhos, eu só gastava grana com locadoras ,jogos e revistas de games. Curiosamente as mesmas me fizeram voltar ao quadrinhos quado uma Ação Games trouxe uma edição especial do Superalmanaque DC 2 com a maravilhosa história Conspiração Janus (ótimos tempos com Xeque Mate, Nuclear e Esquadrão Suicida ).

Fiquei bastante interado desse mundo durante toda a fase dos 16bits SNES e Mega Drive, e me empolguei quando surgiu o Playstation, não joguei muito ele não, gostava mesmo era de ver meus amigos jogando, principalmente Resident Evil , Final Fantasy 7 e Metal Gear, era como ver um filme massa!

Depois os quadrinhos dominaram tudo de novo e eu não conheci quase nada de PS2 ou de seus concorrentes, só agora eu me interessei por esse console que pretendo comprar assim que eu casar em julho.

Mas nesses ultimos dias eu me peguei simplesmente viciado em NINTENDO DS. Puxei um emulador pra jogar os remakes de Final Fantasy e fui fisgado pelo maravilhoso portátil da Big N!

E olha que sempre fui anti-nintendista , não entendia a bajulação em cima deles, sempre achei o Mega Drive melhor, sempre achei o Master System melhor, sempre achei o Game Gear melhor, sempre achei o Playstation melhor.

Mas ai surge o Game Boy Advance ,que eu adoro, surge o Wii, que vou ter um dia (e é o único videogame que minha patroa aprova a compra), e simplesmente AMEI E VICIEI no Nintendo DS.

Tem , assim como qualquer console da nintendo uma centena de jogos bosta, que saem de baciada todo dia, mas são as pérolas que fazer desse um console fodão principalmente os adventures point and click: Hotel Dusk, The World Ends With You, Moon e vários outros.

Vai ser o meu proximo videogame. Uma forma ótima de voltar a esse universo animal e cheio de possibilidades.

1 comentário:

Marcelo disse...

SEU DUENTE!!!! HUAAHUAHHAUHAHAHUAHAHHAUHAUHAUHA